sábado, 7 de junho de 2014

O Usuário 666

A história é a do usuário 666. Essa história se passou no Japão e é muito curiosa. Reza a lenda que a um bom tempo atrás havia um usuário de youtube que
tinha como Nickname: 666. Quase nunca esse usuário postava algo… Na verdade ele nunca postava, afinal, o que ele planejava era muito mais interessante e bizarro. Eu não sei dizer se considero uma esquisita forma de manifestação artística ou problemas de uma mente sociopata mas, garanto que era bizarro. O Usuário 666 criou uma forma perturbadora de vírus que travava o PC em sua página (canal pessoal do youtube) e ficava exibindo vídeos perturbadores que estavam postados lá. Está página pessoal modificava completamente o layout do youtube do usuário. Quanto mais a pessoa navegava pela página “bizarra” do youtube, mais o vírus impregnava o PC da pessoa, e assim, o layout ia ficando cada vez mais bizarro e perturbador. No estágio mais avançado deste processo, o PC começava a entrar em pane, não funcionava mais os botões do navegador da net como atualizar e fechar. Não tinha como usar o Crl + Alt + Del para tentar fechar por lá por que dava erro. Por fim, o PC reiniciava como se nada tivesse acontecido e sem maiores problemas para o Usuário. Só aconteceria esse problema de novo se ele encontra-se a página pessoal do usuário 666. Está história se propagou de forma absurda na net no Japão, afinal, havia um método para você encontrar a página pessoal do usuário 666, afinal, assim que o Google detectou esse vírus, bloqueou o usuário. Mas ainda assim, sendo um Hacker de primeira categoria, o usuário havia criado um jeito para que acessassem sua página secreta. Bastava se chegar no youtube e procurar o canal do usuário 666. Acabava-se encontrando uma página deletada por violações de uso, devido ao vírus. Então, bastava-se ficar atualizando o navegador diversas vezes, até que após MUITO tempo se chegava na página secreta do usuário e ao entrar, o vírus era ativado proporcionando a sensação perturbadora ao qual é sua especialidade.

Fonte: Por Trás da Cortina

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...